o espaço das minhas coisas

Domingo, 29 de Novembro Variedades por Sai Baba

Reflexão de Sathya Sai Baba

Presenciamos no mundo todos os tipos de dor e sofrimento. Mas nenhum deles é permanente. Toda dor é seguida pelo prazer. A experiência do prazer é refinada pela experiência anterior da dor. Como o refinamento do ouro que derrete em um crisol, a dor sacraliza o prazer que a segue! Na vida diária, tendemos a tratar a derrota, a perda ou o pesar como calamidades. Mas, nada ocorre no mundo sem uma causa. 

A fome é a causa para o ato de se alimentar. A sede é a causa para o ato de beber. As dificuldades são a causa da angústia. Se o homem quer desfrutar a felicidade duradoura, ele deve descobrir a fonte de tal felicidade. Essa fonte é o Amor. Não há nada maior do que o Amor. Tudo tem um preço.

O preço a ser pago pela felicidade duradoura é o Amor Divino. Sem Amor, nenhum objeto poderá lhe dar felicidade verdadeira. Assim, a riqueza primordial para o homem é o Amor. Todos devem adquirir essa riqueza. Com essa riqueza qualquer um pode desfrutar a bem-aventurança duradoura! (Divino Discurso, 1º de janeiro de 1998)

Sábado, 28 de Novembro Bafafá por Imagens de Viagens Editora

Dica de Imagens de Viagens

Uma das propostas da Imagens de Viagens Editora é promover as belas paisagens brasileiras. Dentre nossos e-books, temos o “66 Belezas do Brasil”, que apresenta um panorama geral de lugares fascinantes desse país cheio de cores e vibração.

Se você se interessa por descobrir ou rever lugares interessantes do nosso país, faça o download grátis (somente nos dias 28, 29,30/11 e 01/12) desse livro digital. É só acessar: https://www.amazon.com.br/66-Belezas-Brasil-Erich-Ettensperger-ebook/dp/B0143OTK6S

Sábado, 28 de Novembro Variedades por Sai Baba

Reflexão de Sathya Sai Baba

Uma vez Krishna visitou os Pandavas quando estes estavam na floresta. Foi dito a Krishna que os cinco irmãos se revezavam durante a noite para fazer vigília contra as atividades de maus espíritos e demônios. Uma noite, um mau espírito apareceu diante dos irmãos Pandavas e eles tiveram grande dificuldade em lutar contra ele.

Diante disso, Dharmaraja, o mais velho dos Pandavas, tentou dissuadir Krishna de participar daquele dever de sentinela. Krishna, no entanto, insistiu em colaborar. Durante aquele período nenhum espírito apareceu. Então, veio o turno de Arjuna e Krishna observou a cena de uma certa distância.

Para a surpresa de Arjuna, nenhum mau espírito apareceu enquanto Krishna estava lá. Krishna então explicou a Arjuna que maus espíritos eram somente o reflexo do ódio e medo da pessoa, e quando se está livre disso, nenhum espírito apareceria nem causaria qualquer mal. Krishna revelou que o Divino existia até mesmo nos assim chamados maus espíritos e que se uma pessoa se livra de suas más qualidades, os maus espíritos não podem causar mal algum. 

Sexta, 27 de Novembro Bafafá por Petzoo

Programa Petzoo neste sábado na Band

Programa Petzoo neste sábado dia 28 de novembro 

Apresentação: Mariana Rocha - @marianaroccha veste @avohaibrasil

Gravação na Band @alessandro_sousa

O Programa Petzoo vai ao ar em 3 estados: RN, Alagoas e Cearå. Seguem os canais e horários. 

Natal e todo o Rio Grande do Norte às 08h30

BAND

Canal aberto 3.1

Digital

Net 522

Cabo 801

@band_rn

Maceió e toda Alagoas às 08h30

BAND

Canal Aberto 38.1

Digital

Net 522

@bandmaceio

Fortaleza e todo o Ceará às 09h30

BAND

Canal aberto 20

@tvbandceara

.Jornalista responsável

@jacque.cordeiro

#petzoo6anos #vidadegato #felinos

#inteligenciaemocional #vidamarinha #animaismarinhos #projetocetaceos

#amor pelos animais

#jornalismo #bandnordeste

#band

#rn #maceio #ceara #cães #petshops #familia #animais

Sexta, 27 de Novembro Bafafá por Live

Live de Ceiça com Alípio

Sexta, 27 de Novembro Variedades por Sai Baba

Reflexão de Sathya Sai Baba

O que o homem deve buscar hoje não é o prazer. A tristeza também não é a sua meta. De onde vem o prazer? Quando se elimina o sofrimento, o prazer é obtido. O homem deve manter sob seu controle a fonte do prazer e da dor. Mais do que o prazer, é a dor que desperta a sabedoria no ser humano. 

Se você estudar as vidas dos grandes homens, você descobrirá que foi dos problemas e da dor que eles obtiveram a sabedoria. Sem tristeza não pode haver sabedoria. É a dor que ensina muitas sábias lições ao homem. Sem perceber essa profunda verdade, o homem busca o prazer incessantemente.

O homem, sem dúvida, precisa ser feliz. Mas como a felicidade é alcançada? O homem percebe a felicidade somente quando a dor é superada. Assim, todos devem dar as boas-vindas à tristeza com o mesmo espírito com que acolhem a felicidade.

Todo homem tem sua origem na Verdade. Ele é sustentado pela Verdade e funde-se na Verdade. Ele é a personificação da Verdade. Quando todos os indivíduos reconhecerem essa verdade, o mundo inteiro estará permeado pela Verdade. (Divino Discurso, 1º de janeiro de 1998)

Quinta, 26 de Novembro Variedades por L

História com professor Luciano Capistrano

IFRN – Cidade Alta – Antigo Liceu Industrial

 

As edificações são narrativas sobre a urbe, ao andar por ruas e becos, encontramos a história erguida ou demolida, nas antigas construções a compor o cenário da cidade. Ao subir a avenida Rio Branco, Alecrim – Cidade Alta, nos encanta o prédio do IFRN, a escola de formação profissional. Centenária a promover educação de qualidade, marco no campo da educação profissionalizante. Mudança: em 1914, a escola antes localizada no prédio da antiga casa do estudante, é transferida para o prédio atual da Rio Branco. Belíssima arquitetura. Nas palavras de Jeanne Nesi: “Trata-se de um prédio de expressivo valor arquitetônico, implantado no alinhamento da rua. O edifício desenvolve-se em dois pavimentos. Possui fachada sóbria de concepção simétrica.”  Hoje abriga além das salas de aulas, auditório..., um museu dedicado aos brinquedos do passado. Um bom espaço para ser visitado. A antiga Escola de Aprendizes Artífices, passando pelo Liceu Industrial, do CEFET até o IF atual, uma jornada sempre dedicada a EDUCAÇÃO, este é o IF – Cidade Alta. Patrimônio Cultural a dizer da história da cidade de Natal.

(Referência: NESI, Jeanne Fonseca Leite. Natal Monumental. Natal: IPHAN, 2012)

Projeto: Das ruas às redes: Quinta da História

Fotos e texto: Prof. Luciano Capistrano.