o espaço das minhas coisas

Domingo, 25 de Outubro Vídeos da Vida por Krpalu Dasa

Dica de vídeo - KRPALU Dasa

Domingo, 25 de Outubro Variedades por Sai Baba

Reflexão de Sathya Sai Baba

No dia de Vijayadasami conclui-se o ritual védico que dura sete dias, realizado em prol da promoção da paz e da prosperidade entre os homens em todas as terras. Ele é concluído com as oferendas finais aos Deuses que presidem variados aspectos da natureza. Essa oferenda é chamada de Purnahuti e, normalmente, uma série de objetos valiosos são lançados e postos no fogo sacrificial que foi adorado e alimentado durante a semana inteira.

A oferta final é a oferta do próprio ser da pessoa, e é a culminação dos sacrifícios feitos ao longo desse período. Purnahuti significa a consumação da vida terrena do indivíduo através da dedicação de si mesmo ao Todo-poderoso, ou Brahman. Isso é também conhecido como entrega (sharanagati).

Você não tem nada em você, nada que lhe pertença que você pode reivindicar como seu para ser oferecido a Deus. Então, o que significa a entrega do ser, ou o que ela implica? Ter a experiência de Deus como Onipresente, ser consciente de Deus e nada mais: isso é a verdadeira entrega.

Ver Deus em tudo, em todos os lugares, em todos os momentos — isso é o verdadeiro sharanagati. Ele é quem dá, Ele é quem desfruta, Ele é quem vivencia. (Divino Discurso, 8 de outubro de 1975) 

Domingo, 25 de Outubro Variedades por Flávio Rezende

Fotografando o Planet

Sábado, 24 de Outubro Variedades por Flávio Rezende

Fotografando o Planet

Sábado, 24 de Outubro Variedades por Sai Baba

Reflexão de Sathya Sai Baba

Os estudantes pensam que seu ‘dever’ é somente serem pontuais quando vão à faculdade ou à escola, e estarem atentos às aulas e a outros exercícios acadêmicos. Os professores também consideram seu dever cumprido quando estão presentes durante as horas estabelecidas e quando realizam as tarefas atribuídas a eles. Esse equívoco tem de ser abandonado.

A educação deve ser acolhida como um Sadhana para o estabelecimento da paz no coração dos indivíduos e na sociedade. A educação é um empenho espiritual presidido pela Deusa Sarasvati. Sarasvati é a Shakti (Energia) de Brahma, o Primeiro Membro da Trindade, e Ela é a fonte e o sustento de toda atividade criativa.

O Gayatri, o mantra Védico essencial, que ora à ‘Fonte da Luz’ para iluminar o intelecto do aspirante, é também uma faceta dessa Shakti. O mantra Gayatri é um clamor universal e eterno que surge do coração do ser humano em direção à Encarnação do Amor e da Luz. Essa é a própria base do esforço educacional em todas as terras e em todos os tempos. (Divino Discurso, 6 de julho de 1975) 

Sexta, 23 de Outubro Notícias por Keber Maia

Idalecio Gameleira lança livro

Sexta, 23 de Outubro Bafafá por Camarão Neto

Halloween praiano