Sábado, 19 de Maio Que Situação por Flávio Rezende

Posts diversos

Os petistas revoltados e cheios de ódio, todos os dias batem em alguém como remédio para suas raivas internas e iras constantes, quando lembram que o ídolo deles, o Santo do Guarujá, continua lá nas grades curitibanas.

O líder do Partido do Ódio, aquele que ganha grana pública fiscalizando posts alheios nos cafezinhos chiques dos shoppings, pescando wi-fi e não consumindo nada, falou que o pessoal da filantropia é picareta.

As entidades mais eficazes da cidade foram fundadas ou dirigidas por pessoas muito conhecidas e queridas no RN e, nunca, ganharam grana ou foram remuneradas por seus serviços. São de fato do bem.

Mas eu conheço várias ongs com DNA petista, que só viviam com recursos públicos e sei que alguns políticos tiveram suas campanhas irrigadas ou por grana dessas ongs, ou auxiliadas por pessoas que recebiam delas.

Mas isso o bajulador mor não tem coragem de dizer, pois as pessoas de bem, ele sabe, só ficam tristes com seus posts insanos, já os outros, chegam a mandar dar uma surra e, em alguns casos, sumir...

Ave Maria, que situação, rapaz...

 

Assisti ontem o documentário O Processo, sobre os bastidores do impeachment de Rousseff.

Parece encomenda de Hoffman e Lindinho. Os dois e mais alguns petistas, só faltam aparecer escovando os dentes.

É uma peça publicitária, mas revela algumas reuniões dos petistas, com certas revelações, como a de que os governos Lula e Dilma não recebiam como deveriam, os movimentos sociais, e negavam sistematicamente suas reivindicações.

Foi dito ainda, com todas as letras que houve roubo e se governou como os demais, que hoje são combatidos.

A sala estava com muitos militantes. Se em alguns momentos xingaram Aécio - pois estou em Belo Horizonte e foi aqui que assisti, no fim saíram mudos com revelações tão fáceis de perceber, mas ditas alí, num documentário claramente de propaganda.

Que situação, rapaz...

 

Indo para o trabalho observo um adesivo num carro dizendo que mais impostos significa violência. 

O Estado tem sido o inimigo. Cobra muito e entrega pouco. Em tudo que fazemos pagamos altas taxas, impostos, isso e aquilo, enquanto o Estado, através dos políticos, não emagrece.

Ontem li que o atual governo do RN já passou o anterior no pagamento de diárias, ai lembro o lance dos mártires, a ruma de diárias, muitas das quais sem necessidade e, o que estamos vendo, nada de turistas, excursões, a não ser regionais, que teriam com ou sem esse babado todo de canonização.

O Estado inventa uma ruma de palestras, seminários, manda o povo para lá e para cá, inscrições, passagens, hospedagens e não vemos crescimento nenhum, observamos sim é muita gente ruim solta por ai, muitos ladrões de todos os tipos, ruas esburacadas, falta de iluminação, colégios e hospitais sem estrutura, mas tem algumas ilhas com sabonetes líquidos cheirosos, toalhas de mão, banheiros brilhando, móveis coloniais, no judiciário, nas assembleias, câmaras, Senado, nas governadorias, palácios...

Que situação, rapaz...

Sexta, 04 de Maio Que Situação por Flávio Rezende

Presídio Lava Jato Ladrão

Rapaz com 53 mandados de prisão hoje, as muitas prisões que ainda existirão e os que já estão enjaulados, melhor que façamos uma vaquinha para construir o presídio Lava Ladrão a Jato.
O governo não vai mandar, pois está cheio deles, por isso é melhor a gente bancar. Onde seria? Aceito sugestões.
A fachada deve ter todas as cores, para contemplar dos vermelhos aos azuis e, dentro, a ala PT, PSDB, PP, MDB, etc.
Põe logo um mini hospital lá, uma vez que caindo na cela, a turma adoece logo.
que situação, rapaz...

Sexta, 04 de Maio Que Situação por Flávio Rezende

Babados dos grupos de zap

Tem umas coisas interessantes nos grupos de zap.
Os intelectuais postam que o povo só quer falar besteira e não curte e nem comenta o que eles disponibilizam.
Aí o povo da besteira diz que eles tampouco falam merda e só querem saber de coisas profundas.
Tem os que reclamam que as vaquinhas para cuidar dos gatos não recebem grana, enquanto outro grupo acha ruim que só fazem vacas para gatos, deixando os cães de banda.
Os futebolistas só se agradam do assunto quando seus times vencem, tendo ainda antagonismo entre petralhas e coxinhas, obamistas e trumpistas, passando também pela briga das postagens eróticas.
O cu de burro é grande e sabe o que penso, que é bom por causa disso mesmo.
Quando rola censura, o grupo hiberna, as almas silenciam, e criam logo um Grupo B.
Que situação, rapaz...

Sexta, 04 de Maio Que Situação por Flávio Rezende

Hipocrisia democrática

Os democratas da UnB utilizam seus métodos fascistas impedindo aulas e pesquisas.
A filial potiguar vai pôr em prática por aqui?
Bonés e camisetas já estão adquiridas e alguns doutores já fardados aguardam o sinal vermelho para dar início ao show da democracia relativa.
Nas conversas privadas em seus grupos hiper selecionados dizem: já é tempo de agir. Alguns mais animados, já tem o kit revolução guardado.
Aguardemos o grito de ordem: viva la revolución camaradas.
Ave Maria, que situação, rapaz...

Sexta, 04 de Maio Que Situação por Flávio Rezende

O mantra petista agora é "discurso de ódio"

O novo mantra do petismo e demais telettubies aliados é dizer em todo post contrário e crítico ao Lula/PT, que é discurso de ódio.
Quem acusa os demais de ter ódio, podia mostrar para justificar uma postura santa, do bem, mas navegando no face dos acusadores percebemos ódio deles pelos empresários, ruralistas, héteros, brancos, universitários das privadas, políticos que não sejam do PT, coxinhas, intervencionistas, bolsonaristas, leitores da Veja, telespectadores da Globo, turistas nos EUA, frequentadores da Disney, residentes temporários em Portugal, transeuntes da Avenida Paulista, médicos, jornalistas que não amam o capo, enfim, odeiam centenas de coisas, mas se acham no direito de acusar apenas quem critica Lula e o PT.
Essa semana comigo o mantra tem sido esse, todos, como que orquestrados, com esse papo furado de discurso de ódio.
Já disse e repito aqui que não sou do bem, essa definição é dada pelas pessoas a partir da percepção delas das ações humanitárias que faço, não me chamo assim e nem quero esse título, então não venham com mimimi, escrevo o que quero, da forma que quero e o bem que faço não tem a ver com isso, é questão pessoal.
E querem saber mais, quem está vindo com esse mantra tentando me desqualificar, para provar que não tenho interesse nenhum nessa coisa de ser bonzinho, estou mandando para aquele lugar.
Vão se lascar para lá almas odientas.
Que situação, rapaz...

Quinta, 03 de Maio Que Situação por Flávio Rezende

Posts diversos

As almas sebosas estão em campanha contra as almas normais.
O dia é do trabalho por isso dão hora extra em suas sanhas maldosas.
Um certo jornalista babão faz serão hoje.
Vade retro alma babosa.
Ave Maria, que situação, rapaz...

Quero tornar público no Dia do Trabalho uma singela homenagem aos professores de comunicação dos anos 80/90 que davam aulas maravilhosas, discutiam questões relativas a profissão e até política, mas sem imposição doutrinária e tampouco faziam das aulas um espaço para cooptação partidária, feito hoje por alguns militantes disfarçados de mestres e doutores, principalmente na UFRN.
Muitos jornalistas foram formados de maneira correta por competentes professores como Maurício Pandolphi, Vicente Serejo, Cassiano Arruda, Rogério Cadengue, Tânia Mendes, Eduardo Pinto, Woden Madruga, Adécio, Ricardo Rosado de Holanda, Miriam Moema, Socorro Trindade, Almeida Filho, Madalena Jácome Britto Lacerda AlmeidaGeraldo S. Queiroz, Mirari, Marcelo Fernandes, Jânio Vidal, Ana Maria Cocentino, Albimar Furtado, Otêmia Porpino, Edilson Braga, Marcos Aurélio Sá, Joanilo Rêgo, Ticiano Duarte e tantos outros que irei lembrar e agradeço contribuições.
A estes trabalhadores da boa comunicação minha gratidão por uma formação verdadeiramente democrática.
Luzzzzzzz

Segundo @blogdojosias primeiro o PT teve a oportunidade de refletir. Nada. Depois de autocrítica. Zero. Pode agora trabalhar uma autópsia. Parece não saber como fazer. Então Josias fecha: "Mais um pouco e até a autópsia será desnecessária. Bastará emitir o atestado de óbito, anotando no espaço dedicado à causa mortis: “Cinismo crônico.”
Que situação, rapaz...

Quanto mais os petistas estrebucham, mais processos surgem contra o Santo do Guarujá.
Habemos mais um. Olha a fumacinha aí from PGR.
E assim Luladrão fornece mais uma figurinha para o álbum da corrupção: Angola.
Arrocha.
Que situação, rapaz...

Os petistas mentem cotidianamente de duas formas: por burrice em alguns casos e, em outros, por safadeza mesmo.
Eita gente desqualificada.
Que situação, rapaz...

Resultado da Lava Jato: empresas criam setores para pegar propositores de propina em contratos. Fingem aceitar e armam o bote.
Eis uma notícia maravilhosa.
Que situação boa, rapaz...

Tem umas almas sebosas que falam que as pessoas do bem não são do bem e elas é que se acham do bem, mas na verdade essas almas do mal é que não são do bem e sim do mal, e passam o dia odiando, fazendo mal e falando mal das almas do bem, mas são elas sim do mal, almas cheias de ira, inveja e repugnantes.
Terminam afogadas em seus próprios vômitos.
Que situação, rapaz...

Quinta, 03 de Maio Que Situação por Flávio Rezende

Posts diversos

Tempos atrás as notícias que vinham da Argentina eram péssimas e os argentinos sumiram.
Hoje eles estão invadindo o Brasil, no bom sentido. Na Pipa tem de ruma e em Ponta Negra de quilo.
O governo lá sacudiu a poeira socialista que estava afundando o País e agora eles estão recuperando a renda.
Observe os países onde o socialismo está presente e veja desabastecimento, insatisfação crescente, calote internacional, censura, fome, miséria e repressão.
Os países que estão se livrando vão lentamente recuperando os setores econômicos e seu povo voltando ao emprego, renda, liberdade e consumo.
Até as relações pessoais melhoram quando esse povo sai.
Aqui o grupo do atraso, da corrupção e da vida fácil quer esse norte.
Estamos quase na hora de decidir se seguimos o exemplo da antiga Argentina, Venezuela e Cuba atuais, ou se vamos caminhar para um novo modelo, que vem dando certo e tomando conta do planeta.
Que situação, rapaz...

Quando penso que a petezada chegou ao fundo do poço em idiotices, insanidades, mentiras e maldades, a fábrica deles recebe milho e as titicas voltam a feder no quintal dessas galinhas revoltadas, com todo respeito às aves.
Agora me questionam sobre pequenos auxílios dado por petistas, como para publicação do livro do bem, onde fornecemos as notas fiscais da gráfica, que devem ter sido apresentadas para reembolso via povo.
A Casa do Bem foi construída pela Lei Câmara Cascudo e captei uma parte dos recursos via Petrobras. Pois acredita que um deles diz que a gerente que liberou era uma petista, como se fosse uma decisão política? E em outra ocasião sugeriu que eu deveria devolver os recursos por criticar a Petrobras e a corrupção ali ocorrida na era PT. Acreditam nisso?
Aliás, nada me surpreende mais, mas como em nosso caso não houve nada de errado, não pediram comissão e tampouco pediram para pintar o prédio de vermelho, inclusive a época eu era petista roxo, então esses petistas endoidecidos pela prisão do Santo do Guarujá ficam delirando.
Só eles podem criticar e odiar. E se acham Santos. Só eles podem se posicionar politicamente. Os demais não.
Sei não.
Uma petista certa vez nos visitou. Ficou encantada e prometeu ajuda do Ministério dos Esportes para nosso futebol. O tempo passou e nem água mineral chegou.
Resumo, o PT nos ajudou pontualmente através de alguns dos seus membros, com móveis usados, patrocínio para livro do bem, coisa de não mais que mil reais, um sapato novo para nosso Michael Jackson.
O apoio da Petrobras nao foi do PT, claro, foi do povo brasileiro através da empresa, esse valor mesmo que queiram a paternidade, não permito a mentira, pois é grana pública e não do partido.
Os argumentos petistas estão pobres, fracos, canalhas, as acusações injustas, medíocres, acusam pessoas críticas do partido, pelo crime de ter opinião.
Que situação, rapaz...

O mal pode ter certa temporalidade, mas o bem é a própria eternidade, dando a verdade a sua veracidade.

Tem gente que só vive falando em povo, mas adora mesmo é cafezinho em shopping.
Tem gente que tira onda de defensor do povo, mas de concreto não faz absolutamente nada, só em campanha, vive na verdade filosofando na universidade.
E tem gente que está no meio do povo, ajudando, inserindo, de fato se envolvendo, mas os teóricos do povo, os filósofos das massas oprimidas, dizem que esses são do mal.
Dá para entender a lógica desse povo?
Que situação, rapaz...


Passarão.
Que situação...

O POST que me expôs aos petistas amestrados de um certo alguém foi invisibilizado.
Depois de um primeiro momento com os seus alunos me atacando, meus semelhantes no pensar começaram a chegar aí, o grande democrata: apagou.
Sempre assim. Ataca e não aguenta a reação.
Que situação, rapaz...