o espaço das minhas coisas

Segunda, 16 de Setembro Variedades por Flávio Rezende

Fotografando o Planet

Domingo, 15 de Setembro Variedades por Flávio Rezende

Fotografando o Planet

Sábado, 14 de Setembro Variedades por UNIPAZ

Dica de filme - Unipaz

FILME “QUEM SOMOS NÓS – QUANTUM EDITION” – ENTREVISTA COM OS CIENTISTAS (PARTE III), SÁBADO 14/09/2019

Olá amigxs da Unipaz-RN,

Sábado, 14 de setembro, a partir das 16:00 horas na sede da Unipaz-RN (endereço no final da mensagem) exibiremos a terceira parte da íntegra das entrevistas dos participantes do filme QUEM SOMOS NÓS. Física Quântica, espiritualidade, autoconhecimento são alguns dos assuntos tratados neste filme que é referência sobre o assunto.

SINOPSE

Depois do sucesso dos DVDs anteriores da série, finalmente chega a versão definitiva deste documentário que conquistou o Brasil. Além de mais de 6 horas de empolgantes entrevistas e da edição original do filme exatamente como foi lançada nos cinemas, você tem acesso à impressionante versão "Quantum" de "Quem Somos Nós?", com 200 minutos adicionais - totalizando 310 minutos de filmes. No total, são mais de 13 horas em 4 DVDs repletos de material inédito, para uma exploração muito mais profunda e reveladora das perguntas essenciais: de onde viemos? Para onde vamos? Quem somos nós? Continue abrindo a sua mente. Afinal, até agora, a revolução na sua vida estava apenas começando.

Título Original: What the Bleep Do We Know!?

Direção: William Arntz, Betsy Chasse, Mark Vicente

Elenco: Marlee Matlin, Barry Newman, Elaine Hendrix

Entrevistados: Amit Goswami, Masaru Emoto, Candace Pert, William A. Tiller.

Ano: 2004

Data: Sábado, 14 de setembro de 2019

Horário: a partir das 16:00 horas

Local: Sede da UNIPAZ-RN

Endereço da Unipaz-RN:

Av. Odilon Gomes de Lima 1727 sala 2, térreo, Galeria Rainha da Paz.

Referência: vindo das Casas Bahia (em frente ao CCAB SUL) em direção à UFRN, a Galeria Rainha da Paz é o último centro comercial da avenida à direita, logo após o Restaurante Nau e quase em frente ao Instituto de Física.

Pedimos, se possível, divulgue.

ENTRADA FRANCA.

Luz e Paz!

Comunicação Unipaz-RN

Márcia Torres

(84)99983-8527

Arthur Zé

(84)98882-2451

Sábado, 14 de Setembro Variedades por Flávio Rezende

Fotografando o Planet

Sexta, 13 de Setembro Variedades por Flávio Rezende

Fotografando o Planet

Sexta, 13 de Setembro Variedades por Fco Evangelista

Reflexão de Francisco Evangelista

Bom dia! Tenha uma abençoada sexta-feira! Paz profunda 

REFLEXÃO. MATUTINA "A diferença fundamental entre o homem comum e o GUERREIRO, é que o GUERREIRO encara tudo como desafio, enquanto o homem comum encara tudo como bênção ou maldição." *D. Juan*, o bruxo de Carlos Castañeda.

Quarta, 11 de Setembro Variedades por Paiva Netto

Reflexão de Paiva Netto

O Amor é o Elo Achado

Paiva Netto

O Amor é a suprema definição da Divindade. É o elo perdido que a criatura busca na imensidão do estudo científico, que, para mais rapidamente progredir no âmbito social, tem de irmanar-se à Fé sem fanatismos, a fim de encontrar esse elo. Há tanto tempo considero que a Ciência (cérebro, mente), iluminada pelo Amor (Religião, coração fraterno), eleva o ser humano à conquista da Verdade!

E o que mais é o Amor?

O Amor é o grande campeão das mais difíceis batalhas. Supera todos os sofrimentos. É Deus. Logo, intensifica sua atitude confortadora quando o desassistido ou o ser amado precisa de socorro.

O Amor não pede para si mesmo.

O Amor oferece o auxílio que o desamparado suplica.

O Amor, com discrição, atende até ao apelo não abertamente expresso.

O Amor não deserta, pois ajuda sempre. Nunca traz destruição. Propicia a Paz.

O Amor não adoece. Ele se renova para recuperar o enfermo do corpo e/ou da Alma. Não promove a fome. Pelo contrário, fornece o alimento.

O Amor instrui e liberta, porquanto reeduca e espiritualiza.

O Amor não constrange, porque confia. Por esse motivo, poetizou Rabindranath Tagore (1861-1941), famoso bardo e filósofo hindu, amigo de Gandhi (1869-1948): “Ó Deus! O Teu Amor liberta, enquanto o amor humano aprisiona”. 

O Amor é tudo: o enlevo da existência, pois afasta o temor.

O Amor, quando verdadeiramente é ele mesmo, sempre triunfa, visto que não coage nunca. Enfim, o Amor governa, porque é Deus, mas igualmente Justiça.

O Amor é o Elo Achado*.

 

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.

paivanetto@lbv.org.br