o espaço das minhas coisas

Quinta, 26 de Março Variedades por Casa Durval Paiva

Cuidados farmacêutico aos pacientes com câncer, por Isabelle Medeiros Resende - Farmacêutica - Casa Durval Paiva

O câncer infantojuvenil é uma doença que, na maioria das vezes, o uso das medicações se dá por longo tempo. Onde se torna necessário o monitoramento intenso das prescrições. O farmacêutico vai atuar com o objetivo de diminuir a poli farmácia e promover o uso racional de medicamentos, proporcionando uma sensação de bem estar e conforto ao paciente.

Através do acolhimento, os pacientes e acompanhantes são orientados a relatar na hora da consulta com o médico algum tipo de mudança após o uso dos medicamentos, pois, como se sabe, o tratamento contra o câncer provoca muitas dores, então esse relato precisa ser feito, pois essa dor pode estar relacionada a algum sintoma tratável, como também pode ser uma progressão (avanço) da doença.

O tratamento farmacológico quando utilizado de forma correta espaça as dores e alivia os sintomas. No ato da dispensação, o farmacêutico não se limita apenas a dispensar a prescrição mais também avalia, para que seja evitado o uso desnecessário de medicamentos, pois durante o tratamento esse organismo já se encontra sensível e sobrecarregado.

A automedicação ou uso desnecessário pode acarretar o agravamento do quadro. Por isso, nossa preocupação no atendimento aos pacientes da Casa Durval Paiva não se limita apenas a dispensação, orientamos e acompanhamos o uso, garantindo assim a maior eficácia da terapêutica e o bem estar e a segurança do paciente. Procuramos ajudar no enfrentamento da doença e também no ajuste das condutas. Com a evolução da terapêutica medicamentosa, passamos a ter um cuidado direcionado e mais abrangente.

O cuidado farmacêutico não envolve apenas a terapia medicamentosa, envolve o paciente de maneira completa, diminuindo os efeitos da quimioterapia e melhorando a qualidade de vida do mesmo.

COMPARTILHE