o espaço das minhas coisas

Segunda, 13 de Maio Variedades por Hildo Oliveira

DE QUEM É A CULPA, por Hildo Oliveira

Que o Brasil precisa de uma reformulação na Previdência Social, todos nós sabemos, mas não venham me dizer que o possível “rombo" é culpa dos aposentados. Ora, antes de atribuir o tal déficit público ao trabalhador, alguns gestores do Governo Federal precisam cortar privilégios e altíssimos salários nos três Poderes da República. 
Lamentavelmente, é com essa justificativa que o ministro da economia, Paulo Guedes, afirma, através da imprensa, que, “se a Reforma da Previdência não for aprovada, não haverá condição de cumprir o pagamento dos benefícios". 
Esse tal “rombo" vem sendo a tônica de todos os governos antecessores. Entretanto, nada se faz quanto aos elevados percentuais de aumentos sobre os salários de promotores, juízes, desembargadores, que vêm refletindo num efeito cascata em todo o Poder Judiciário e onerando os orçamentos públicos. 
Nesse passo, o trabalhador brasileiro cumpre a pior tarefa de suar praticamente 40 anos de serviço, ganhando bem menos que as classes mais privilegiadas do País.   
Entra governo e sai governo, mas a primeira medida é aumentar a carga tributária sobre a população e penalizar o trabalhador que, ao contrário, merecia ser beneficiado, pelo menos, com uma justa aposentadoria.
Enquanto isso, continuam as negociações com deputados e senadores para garantir a aprovação da reforma. 
Eis a questão.

COMPARTILHE