Terça, 30 de Janeiro Que Situação por Flávio Rezende

Endurecer com ladrões é preciso...

Chego para trabalhar e, como de costume, converso com um e com outro, principalmente o pessoal de serviços gerais. Para minha tristeza, fiquei sabendo que ontem, um grupo vindo de Macaíba, num trecho do percurso feito a pé, por falta de grana para cobrir ônibus o trajeto todo, foi assaltado por jovens numa Hilux.

Perderam os documentos, celulares, até as roupas da terceirizada, que vão em mochilas para trocar quando chegam, levaram, incluindo as marmitas.

Hoje pela manhã, coincidentemente, assisti um vídeo de um simpático gari carioca, reclamando dos ladrões que roubam trabalhadores, tendo ele sido vítima e narrando as dificuldades do trabalho, sol quente etc, mas que mesmo assim tudo que tinha era resultado do seu esforço.

Acho um absurdo ladrão roubar qualquer um, principalmente trabalhadores que ganham salário mínimo ou um pouco a mais.

De lascar isso, são pessoas totalmente sem coração, sem alma. Uma delas chorando, disse que tiveram revolveres apontados para a barriga e que só pensava na filha. Narrando voltou a chorar.

Meu lado bonzinho, humanista, direitos humanos está findando, hoje defendo penas altas, fim de todo tipo de ajuda a esses tipos, sei não, são os cães em forma de gente.

Que situação rapaz...

COMPARTILHE