Sábado, 29 de Dezembro Meus escritos por Flávio Rezende

Escritos da Alma - #habitatmarte, um espaço de possibilidades

Tenho um antepassado que entrou para a história por ter previsto em tempos pretéritos a Via Costeira e outros babados. É Manoel Dantas.
Seu DNA está presente em meus escritos futuristas e no primo Júlio Rezende, professor da UFRN e gênio visionário, que meteu a mão no bolso, adquiriu uma propriedade no semiárido potiguar e, depois de viagens aos EUA, incorporou o planeta Marte a sua história e, aqui, em seu sítio, reproduz ambientes, possibilidades, experiências, vivências, ciências, projetos e sonhos, através de sua cria, o #habitatmarte, ao qual fui ver junto com o com o repórter fotográfico Canindé Soares, e que agora resumo.
O projeto #habitatmarte tenciona inserir as pessoas num ambiente de viajar para o planeta vermelho e também estar lá. Apesar de ainda imberbe, amador, artesanal, construído e mantido 100% com recursos próprios, tenta tornar o participante um astronauta, ambientando roupas, procedimentos, rotinas, preenchimento de formulários, uso de equipamentos, ferramentas e máquinas, que remetem o usufrutuário do espaço, a uma sensação se sentir de fato um membro de missão espacial. 
Afora isso, como seria estar em Marte? Como morar, estar inserido em seu ambiente diferente?
Aí o primo Júlio, professor de engenharia com foco em sustentabilidade, edifica no local moradias com pneus, cervejas, passando ao visitante a informação que uma vez em Marte e sem poder inicialmente ter cimentos, azulejos, andaimes e demais  necessidades, os novos habitantes terão que buscar formas disponíveis para levantar abrigos e formatar acomodações, inserindo na experiência a busca pela sustentabilidade necessária a sobrevivência. 
O que o primo quer com seu projeto? Pelo que entendi, fomentar interesse pelo novo, incrementar o gosto pelo além do visível, inserir jovens no universo da ciência, despertar talentos, revelar sustentabilidade real no semiárido com construção de moradias com pneus velhos, cervejas vazias, refugo de construções e teste com equipamentos de seu próprio juízo, num fantástico empreendimento sem verbas, sem financiamento, totalmente pessoal, radicalmente existencial, magnificamente sensacional. 
O primo Júlio é sonho, ciência, experiência, apesar de saber o que faz pergunta, busca agregar ideias, quer opiniões, sugestões, está aberto. 
Como ser sensível, antenado, capitão e comandante, aceita essa interação, quer seguir, subir, em Marte um dia chegar.
Vamos participar, ajudar, sugestionar, decolar...
www.habitatmarte.com é Manoel Dantas, Julinho, Canindé, você, eu, é o todo, o conjunto, a totalidade. 
Luzzzzzzzz.

Flávio Rezende aos 29 dias do décimo segundo mês, ano dois mil e dezoito. 11h39.
Luzzzzz
Feliz ano novo alma boa 

COMPARTILHE