o espaço das minhas coisas

Domingo, 29 de Setembro Meus escritos por Flávio Rezende

Escritos de Ponta Negra - orla da felicidade e da escolha pelo belo

 Mais uma vez acordo com os mesmos sentimentos interiores de felicidade e desejo ardente de jogar o corpo no mundo, de vivenciar sensações agradáveis, compartilhar bom humor, agregar energia positiva a meu caminhar e proporcionar um pouco de alegria com quem cruzar.

Depois de curtir/gostar/agradecer pelo que comer, chego na orla de Ponta Negra disposto a relevar o feio e ressaltar o belo, fazer vista grossa para o errado e focar lente no positivo, sabendo que outros podem trazer à vista o que relevei, ficando feliz, com o que mostrei.

Mergulhado neste êxtase de ser profundo na luz que embeleza a flor, na prestação de serviço com imagens a quem não dispõe de equipamento bom, compartilho meu tempo tirando fotos dos ambulantes e mandando para seus zaps, formando uma egrégora hiper astral de alegria conjunta, além de encontrar amigo(a)s, e também com eles permutar carinhosas considerações e, pedir espaço para mandar um retrato - deles em família, ampliando felicitação e gerando tsunâmica interação, em copulação agradável e socialmente perfeita.

Eis o nirvana budista, a comunhão cristã, o samsara hindu, estes momentos em que celebramos tudo que nos cerca, e cheio de amor neles, arranjamos um jeito de ser útil, e no falar agregar valor, somando com todos os envolvidos, a totalidade carismática e divina de tornar a existência cheia de bons sentidos e de maravilhosos deleites. Agradecer, servir, ter um olhar carinhoso, um agir bondoso, e também exercer a crítica, estar atento aos espertos, atuar contra malígnos, eis muitas coisas possíveis e factíveis para cada um de nós.

A natureza é comum a todos os mundos, estando dentro e estando fora, precisa de pontes, compreensões. Uma vez percebida, é puro ouro, ferro, flor, planta, é Maria, é João, energia, é união. Que situação, rapaz...

Flávio Rezende aos vinte e nove dias, nono mês, ano dois mil e dezenove. 11h59. Praia de Ponta Negra. Mais no www.blogflaviorezende.com.br 

COMPARTILHE