o espaço das minhas coisas

Terça, 15 de Janeiro Que Situação por Flávio Rezende

Eterno mimimi

Tempos atrás, quando o PT deitava e rolava, a grande maioria da população não dava muito cabimento para política. Só no período eleitoral é que se comentava um pouco, mesmo assim sem muito antagonismo.

Neste tempo pouca gente sabia que por baixo do pano o PT realizava um trabalho de cooptação, via grana, de todos os atores da vida nacional.

Quando veio a tona o babado todo, o PT já havia dominado a classe empresarial, política, parte do judiciário, imprensa, ONGs, entidades classistas, fundos de pensão, carnavalescos, artistas, universitários, enfim, estava praticamente todo mundo dominado.

Uns poucos que resistiram, são hoje execrados pelos petistas remanescentes, numa tentativa sôfrega de denegrir a imagem de quem enquadrou a petezada, e enviou seu líder para um espaço reduzido e limitado na fria Curitiba.

Pois bem, hoje os petistas se chateiam com que pensa diferente, se manifesta, vota contra, aponta o dedo e baixa o cacete nas mazelas já sabidas e nas que ainda saberemos do partido corrupto.

Algumas pessoas, diante do quadro generalizado de opinião para lá, para cá, gente levantando a voz, apontando caminhos, defendendo uns e outros, num Fla X Flu que não para, se chateia e pergunta se isso não vai mais parar.

Creio que não. O País está politizado, como sempre desejou a massa petista. Agora que todos estão participando, mostrando o que pensa e dizendo em que acredita, a petezada começa a dizer que a culpa é disso e daquilo, fazendo o que mais gosta: terceirizar desculpas.

Caso o Partido dos Trabalhadores tivesse feito o que prometeu, acabar a corrupção, colocar na cadeia os agentes públicos e privados ladrões, certamente estaríamos só discutindo coisas mais conceituais e filosóficas.

Foi o PT apontar o dedo para todo mundo, acusar quem não era vermelho de ladrão e, depois ser descoberto totalmente desbotado na maré dos malfeitos, acordou a massa, despertou a nação, que revelou indignação e seu verdadeiro perfil: conservador.

Agora o povo, não se contenta apenas em tirar o PT do poder. Quer muitas coisas diferentes.

Fazer o que? O mimimi agora não vai mais parar.

Que situação, rapá...

COMPARTILHE