Terça, 06 de Novembro Meus escritos por Flávio Rezende

OS EMPODERADOS

Durante a campanha política, nos embates facebookianos, li várias vezes por parte dos petistas, que o problema nem sempre era o próprio Bolsonaro, e sim seus seguidores, que empoderados pelo “discurso de ódio” iam sair matando, perseguindo, promovendo barbárie em nome dele.

Fiquei prestando atenção, verdadeiras multidões recebiam o candidato, muito superiores as da esquerda, não acontecia nada, tudo na ordem, não se quebrava nada, não atacavam ninguém, tudo terminava na paz.

O tempo passou e o candidato levou uma facada bem no meio dos seus, que para meu espanto, não mataram o cara. Apesar da violência contra o 17, não soube de nenhuma revolta nacional de insatisfação com bagunça generalizada, ataque aos petistas ou caça as bruxas.

Se alguém se sentir empoderado a matar mulheres, negros e homossexuais -agora que o candidato ganhou, ele mesmo propôs que a pena seja dobrada, incrivelmente uma proposta nunca antes na história do petismo, proposta.

Durante os últimos governos petistas, todo tipo de perseguição, morte, violência, contra todas as raças, minorias, ocorreram em números crescentes, ficando a pergunta, foram empoderados pela submissão do petismo aos criminosos, aos estupradores, aos machistas e homofóbicos?

Parece que sim. Nos governos petistas houve empoderamento destes tipos, que protegidos por milhares de declarações os tornando coitados, vítimas do sistema, da tal elite branca, foram sentindo o clima de boa vizinhança, de acatamento de suas transgressões, com instalação de audiências de custódia, dispensa para festas comemorativas e feriados, assistência dos direitos humanos, entidades internacionais, muitas vezes tendo advogados a disposição, minutos após os delitos, num clima de camaradagem e respeito mútuo, tornando os ataques de todo tipo coisas triviais, uma vez que o governo, não demonstrava pulso forte para dizer não ao crescente banditismo contra tudo e contra todos.

O PT com sua política então empoderou criminosos que passaram a explodir agencias bancárias, matar, roubar, estuprar, espancar mulheres, até sorrindo quando eram presos.

Caso Bolsonaro no poder empodere pequenos grupos neonazistas, a sociedade e ele mesmo vão reagir, ficando a dúvida no ar se os petistas vão comemorar esses eventos ou sinceramente combater.

Caso decidam combater, leis duras precisam aprovar.

Que situação, rapaz... 

COMPARTILHE