Terça, 09 de Outubro Bafafá por Ideia Comunicação

Próximo ao verão, procedimentos estéticos ganham destaque

Cliolipólise, técnica que dispensa cirurgia, é considerada “a nova lipoaspiração” do momento

Com a chegada do verão, uma das épocas do ano em que há maior exposição ao sol, o desejo por um corpo mais escultural aumenta. De acordo com empresários do segmento, nos meses que antecedem o verão - e durante a estação - é registrado um salto na busca por serviços relacionados aos cuidados com o corpo, que vão desde os nutricionais aos estéticos. Segundo levantamento realizado em 2016, pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a procura por procedimentos estéticos não cirúrgicos cresceu 390% nos últimos dois anos.

Em Natal, a tendência por essa busca também é vista. Na clínica Emagrecer, entre os tratamentos mais procurados, está a Cliolipólise - ideal para quem tem gordura localizada. O procedimento é considerado “a nova lipoaspiração” do momento, tendo em vista que elimina até mesmo aquelas gorduras consideradas incapazes de serem liquidadas com dietas e atividades físicas, dispensando a cirurgia.

O procedimento é realizado com a ajuda de um aparelho, acoplado a diferentes regiões do corpo. Em seguida, há a sucção da pele na área trabalhada, promovendo o congelamento das células adiposas até a sua destruição. Quando o procedimento não é realizado da maneira correta, pode provocar graves queimaduras. Por isso, é preciso ter cuidado na hora de escolher o profissional que fará o tratamento.

A esteticista Ianne Câmara, que atua há cinco anos no mercado de estética, e, hoje atende na Clínica Emagrecer, explica pontos importantes durante o processo, “antes de começar a sessão, a primeira coisa que o paciente tem que saber é se o profissional está habilitado para realizar a técnica e observar se o local apresenta condições favoráveis para a aplicação. Além disso, é importante o uso correto da manta protetora anticongelante, que precisa ser utilizada entre a pele do paciente e o aparelho. Para uma aplicação ainda mais segura, o equipamento deve estar programado adequadamente e com a manutenção em dia”.

Como outras intervenções estéticas, a criolipólise também tem suas contraindicações. Não podem realizar o tratamento as gestantes, pessoas sensíveis ao frio ou que estejam diagnosticadas com câncer, infecções na pele, doenças autoimunes, lesões, hérnias e feridas no local desejado da aplicação. "Apesar das contraindicações, não há preparação prévia para realizar a técnica. Porém, é necessário evitar outros tratamentos como a mesoterapia, popularmente conhecida como aplicação de enzimas para emagrecimento, contraindicada até 20 dias antes da aplicação da criolipólise", ressalta a profissional.

Inovação

O Método de associações Emagrecer é considerado mais eficaz que a criolipólise isolada. Com um protocolo exclusivo, que associa o tratamento convencional às demais técnicas, ele oferece maior maleabilidade às células de gordura até a sua desestabilização, sendo considerado um método muito eficaz. Nele, a circulação sanguínea é acelerada e o metabolismo da região trabalhada é ativado para um resultado eficiente.

Reconhecido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e realizado em mais de 15 mil pessoas no país, em Natal, o procedimento é aplicado exclusivamente nas clínicas Emagrecer, uns dos maiores centros de estética do Rio Grande do Norte. “Na criolipólise isolada, pode-se perder até 25% da gordura. No Método de Associações Emagrecer, a expectativa sobe para 35% em apenas uma sessão. Consequência da eficiência, o tratamento só pode ser repetido na região a qual foi submetido após três meses. Vale lembrar que nenhum dos dois são invasivos. Se os cuidados forem levados a risca, após a aplicação, a pessoa segue a rotina normalmente”, comenta Ianne Câmara.

 

COMPARTILHE