o espaço das minhas coisas

Quarta, 15 de Maio Que Situação por Flávio Rezende

Que situação...

Observando o cenário político 

Acordo, fumego meu café e assisto o Bom Dia Brasil, onde Miriam Leitão relata o umbral econômico que Dilma nos legou, o freio de mão de Temer e a expectativa do 17 arrancar para tempos de prosperidade nesta seara.
O comentário finalizou com a correta constatação de que muitos atores envolvidos estão passando da esperança para a desesperança, diante de tanto amadorismo, atritos e armadilhas deixadas por políticos e algumas peças do xadrez. 
Logo pensei na Fórmula 1, já  objeto de disputa entre 17 e Doria. 
A escuderia 17 venceu os treinos e largaria na frente. Na hora do arranque, aos gritos de "acelera" a direita, e de #elenão, a esquerda, 17 vê sua máquina engasgar e não partir. 
A platéia entre receosa e delirante assiste a tudo gritando. No lado direito vemos uma torcida liderada por um senhor de idade, espécie de Bakunin mumificado, que deu um pit stop nos EUA para aqui torcer pelo anarquismo a direita, fazendo careta para os torcedores verde-olivas e junto aos filhos do 17, dá o dedo para a mídia e membros do judiciário. 
Já os de quepe, antes hiper amigos, torcem de maneira esquisita, envergonhada, sem saber se retiram ordens do dia ou se apostam numa vitória do bom senso. 
Entre os anarquistas e os verde-olivas, moderados só querem saber do carro pegar e a máquina funcionar, para que muitos trabalhando azeitem o sistema e a engrenagem possa trabalhar em favor do coletivo. Tô nessa turma.
A torcida a esquerda saiu do podium para as galerias, hoje joga praga e quer ver a pista cheia de pregos e óleo derramado. 
O 17 herdou uma temporada difícil, cheia de curvas, gasolina misturada, mecânicos chateados, torcida dividida até na própria escuderia. 
Do box alguns tentam consertar as coisas, agilizar, fazer a máquina desengasgar e partir.
O juiz da prova já acenou desesperado, a mídia assiste o carro atravancar e fala mal, o sinal verde está amarelando. 
Que situação, rapá...

COMPARTILHE