o espaço das minhas coisas

Quinta, 26 de Março Que Situação por Flávio Rezende

Que situação, rapá...

Não vou dizer aqui se apoio ou não o pronunciamento do 38 ontem.
Ainda sou um pêndulo, penso uma coisa, outra, vejo razões numas coisas, em outras até opostas, enfim, não tenho opinião formada sobre o assunto.
Mas tem uma coisa que estou observando via zap e por outros meios: muita gente pensa igual a ele, que devemos deixar quieto os grupos de risco e liberar circulação dos demais, sob pena de prejuízos enormes, fome, desemprego, suicídios, depressões, dívidas impagáveis, demissões de longo prazo, criminalidade e até futuros saques coletivos em caso de longa duração das regras atuais.
Se temos uma praga batendo na porta, podemos estar alimentando várias outras dia após dia.
Volto a afirmar, esse post não é uma defesa do 38, mas ele teve coragem de levantar essa bandeira, e percebo muita gente se manifestando depois que ele colocou sua cara a tapa.
Uma coisa é correta dizer dele, o cabra é infantaria e selva.
Que situação, rapá...

COMPARTILHE