Quinta, 03 de Janeiro Meus escritos por Flávio Rezende

Refletindo sobre dimensões diferentes da vida humana

Estou assistindo uma série sobre Trotsky na Netflix.
Existem os fatos históricos, abordados por historiadores socialistas, com focos partidários, doutrinários. 
Quem não gosta e faz oposição aborda outros aspectos.
A série é uma mistura de fatos reais e romanceacões, um lance muito utilizado na indústria cinematográfica atual, para valorizar a fotografia, dar mais ação, empolgar o espectador. 
Diante de tantas coisas que fazem, embalagens, ficamos muitas vezes sem saber o que é verdadeiro e o que foi real.
Além da questão da abordagem doutrinária e do interesse de quem faz.
Tem quem faz para ficar bonito, ganhar prêmios, grana.
Tem quem faz para passar mensagem do que acredita, algo engajado, político, intencionado. 
Diante de tantas coisas que rolam em filmes, shows, peças, danças, exposições, não basta apenas o olhar inocente.
É preciso a observação abrangente.
Triste planeta. Está tornando coisas que poderiam ser mais suaves, em dificultosas análises, avaliações, abordagens. 
Parece que artistas, cineastas, coreógrafos, escritores, pintores, estão mais aptos a complicar, que apenas produzir, deixar, existir...
Que situação, rapaz...

COMPARTILHE