o espaço das minhas coisas

Sábado, 28 de Março Variedades por Sai Baba

Reflexão de Sathya Sai Baba

As pessoas dizem que o serviço ao homem (manava-seva) é serviço a Deus (Madhava-seva). Essa é uma afirmação verdadeira. Mas a mera repetição do lema é inútil se o serviço for feito sem fé na divindade do ser humano, e tendo em vista nome, fama e os frutos de sua ação. Em quaisquer ações que se empreenda, se a pessoa tiver como companhia constante a contemplação do Senhor, e se tiver fé na divindade essencial das pessoas, então a afirmação estará justificada. Sem pensamentos em Deus, como pode originar-se o serviço a Deus? Todo esse palavreado é mero espetáculo. Eu não concordarei com isso. Ao contrário, o que quer que seja feito com o Senhor na mente, ao longo do caminho da verdade e de acordo com os aspectos do dharma, deve ser considerado como serviço (seva) ao Senhor. De fato, aqueles imersos na contemplação ininterrupta do Senhor não precisam fazer nenhuma outra tarefa. O próprio fruto de sua prece pode tornar o mundo sagrado. Entretanto, nem todos podem estar engajados assim, então busque se preparar para esse estágio purificando a mente e diminuindo os desejos. (Prema Vahini, cap. 31) 

COMPARTILHE