Quarta, 10 de Outubro Variedades por Flávio Rezende

Reverenciando Haroldo Mota e os 15 anos da ONG Baobá

UMA ORGANIZAÇÃO TOTALMENTE DO BEM
 
Tem organização não governamental que é a cara de alguma coisa. E tem algumas que são a cara de um monte de coisas legais. A Baobá é desse segundo time. Tem a cara de Haroldo Mota, seu fundador e mantenedor. Tem a cara do bem, pois só se associa as ações que melhoram o planeta e, tem a cara da natureza, revelando beleza, expressando leveza, expandindo amor, reproduzindo bondade e semeando a paz.
Haroldo por sua vez, não tem como definir. Alma boa, ótima diria, ser que circula para lá e para cá, sorrindo, se propondo a ajudar, fazer algo, leva tendas, megafones, pensa em pessoas para homenagear, livros para escrever, árvores para plantar.
Um cabra que precisa ser clonado, amado e reverenciado. Um cabra que, ao morrer, vai virar Baobá, pois juntando todo mundo para abraçar, ainda não vai dar.
Luzzzzzzzzzzzz
 
Flávio Rezende é escritor, jornalista e ativista social em Natal/RN.

COMPARTILHE